sábado, 19 de dezembro de 2009

INSENSATEZ

(Matéria publicada no blog do Altino - http://altino.blogspot.com/)


















Foi-se o lindo casarão...
Ninguém vai vê-lo outra vez!
Demoliram, simplesmente,
Num ato de estupidez!

Deus do Céu, quanto absurdo!
Que coisa irracional!
- Violentar nossa gente
Por causa do vil metal!

Quem destrói essas relíquias
Destrói a nossa memória,
Trata tudo como lixo
No curso de nossa história.

A casa foi demolida...
E o responsável, foi quem?
- Devia estar dentro dela
Pra virar lixo também!!!

(Anchieta)

Um comentário:

Isaac Melo disse...

Caro poeta Anchieta,
parabéns pela poesia. Dura e necessária, mas com a sensibilidade da poesia.

Um grande abraço!